quinta-feira, janeiro 03, 2008

O RÉVEILLÓN DE (ALGUNS) POLÍTICOS DO CENTRÃO


Alguns dos nossos políticos, genericamente mal pagos, solidários com o povo, passaram o Réveillon no Casino Estoril onde se pagava a módica quantia de 500€/pessoa.

Poupados são eles e um exemplo para os reformados e precariado, que se fossem poupados como eles também podiam ter estado no Casino, em vez de irem apanhar constipações para o Terreiro do Paço ver o Abrunhosa, numa organização COSTA…

O MTZ’s? continua a sua investigação mas consegue já desvendar estas presenças:

ISALTINO MORAIS - (ainda) presidente da C. M. Oeiras, acompanhado da sua caixa de charutos, e num gesto de quem nos está a enfiar o barrete (chapéu) coitado teve que recorrer a um dos seus depósitos na Suíça, por deferência de um dos primos chauffers de táxi;




TELMO CORREIA - de smoking já um bocado gasto, lá se sacrificou com a sua presença, de flute de champagne (do Lidl) na mão, provando que ser-se de direita não significa ser menos que um social-democrata ou um socialista e que não pode ser solidário com os mais desfavorecidos;


MARIA DE BELÉM ROSEIRA - dançando de saltos altos, com coroa de princesa que é, juntou durante um ano 1.000€ num púcaro que tem na cozinha, trocou o Natal dos Hospitais pelo Casino, provando que se pode ser de esquerda caviar sem ser do Bloco. Istom é que é uma mulher à maneira: pequenina, dançarina e poupada


DIAS LOUREIRO – Conselheiro de Estado, ex-responsável pelas finanças do PSD, converteu-se ao capital, dirigindo do melhor que há. Não vimos qualquer razão para não estar presente, de smoking, à maneira, no local apropriado para quem pertence ao capital, vindo da província.



Segundo o DN de hoje o Presidente da ASAE também esteve presente no Casino Estoril, mas apesar da fonte fidedigna, não conseguimos saber a que título lá esteve, mas fumou, em recinto fechado a sua cigarrilha, já com a “lei do tabaco” em vigor… O exemplo veio de cima!!!

Ps. O meu querido e grande amigo DANIEL MADEIRA DE CASTRO MTZ? – do Movimento TópaZús? enviou-me este mail o qual tenho o prazer de publicar com a sua devida anuência. . As fotos são do Correio da Manhã. Obrigado DMC .

13 comentários:

A. João Soares disse...

António Delgado,
Com o conteúdo deste post, a minha alma regozija, porque andava ansioso por não perceber qual o resultado do aperto de cinto que andamos a fazer diariamente desde há quase três anos, a propósito de um tal défice produzido pelos políticos incompetentes que temos suportado.
Agora, vemos nestas imagens que os nossos «insígnes» governantes e ex-governantes, dispõem de um poder de compra e uma qualidade de vida que envaidece Portugal. Com estas provas de opulência, não podemos ser considerados como uns pobretanas da costa ocidental da Ibéria. As imagens mostram o contrário.
Deixo aqui a sugestão aos que têm garra para a investigação que elaborem também uma lista daqueles que, apesar de terem menos de 65 anos, já têm asseguradas várias chorudas reformas.
A par dessas listas, também podem entreter-se com outra, a dos tachos dos políticos, e seus familiares. Os favores concedidos enquanto estão em funções de influência e de decisão permitem futuros tachos em empresas privadas, não só no BCP! Não estou a falar de corrupção, pois ela não existe cá na costa ocidental da Ibéria, como se vê no desinteresse em elaborar legislação para a combater, pois, se a não há!!!
Abraço

al cardoso disse...

Triste pais este nosso em que o povo se vai alheando e estes politicos e outros, que o amigo nem sequer mencionou, se vao assenhorando de tudo e nem sao capazes de esconder.
Tambem gostei muito da atitude do senhor da ASAE, com o seu exemplo!
O que o nosso querido Portugal necessita como de pao para a boca, e um novo regime politico, pois o centao ja deu o que tinha que dar!!!
Para os menos meus conhecidos, quero re-afirmar a minha aversao a qualquer especie de ditadura!!!

Um abraco de amizade do d'Algodres.

Zé Povinho disse...

A crise afinal afecta todos, veja-se que alguns até podem ter sido convidados, não é? O Casino agradeceu naturalmente, porque até espera conseguir uma excepçãozinha à lei do tabaco especial para "espaços de classe" onde se limpam muitas carteiras e se lavam montes de dinheiro (higiene pura).
Abraço do Zé

quintarantino disse...

... mas alguns, ao que escutei, não tiveram de pagar... lá está, também a eles lhes chegou a crise a casa, coitados ...

Tiago R Cardoso disse...

Acho bem o preço, já viu o que era o povo ir para lá estragar o ambiente com o garrafão do vinho e a malga ?

Eu pessoalmente e mesmo que tivesse muito dinheiro, eis um sitio para onde não ia, uma pessoa sentava-se e levava com o fumo do presidente da ASAE, não muito obrigado.

Ludovicus Rex disse...

'Essa malta' trata-se bem...Uma Cambada...
Um Abraço

Ema Pires disse...

Hoje mesmo comecei a pôr uns centimos de euro numa caixa de bolachas (nao tenho púcaro), para là ir para o ano que vem.
Se nao tiver suficiente, sempre poderei comprar uma sopa quentinha numa máquina do metro.
Beijinhos

Um Momento disse...

Bem... eu devo ser muito extravagante...passei a passagem de ano ... em casa:))

Bom fim de semana:)))

(*)

Beezzblogger disse...

Olá!!! Amigo António Delgado, sabe...
...eu acho que estou a viver no país errado... também pudera, onde proliferam os Jardins, os Belmiros, os Amorins, e todos aqueles GATUNOS & XUPISTAS, que nos têm governado ao longo de mais de trinta anos...

Mas uma coisa eu não deixo de repetir, e de decalcar, é que nós andamos satisfeitos, pois as próximas eleições de 2009 confirmarão o que digo.

Parabéns pelo Post, e abraços do Beezz

C Valente disse...

Pois é os pobres diviam fumar charuto e não cigarros ou beatas, (os mais poupadinhos) assim eram como os politicos iam ao casino e a gastar á farta
Bom ano 2008, e que tudo corra á medida do seu desejo
Saudações amigas

as-nunes disse...

Amigo António Delgado
Apreciei deveras este artigo, que já começa a fartar vermos sempre os mesmos a assumir a sua postura aristocrática e o Zé que pague a factura, cada vez mais pesada.
As fotos do pastor e o texto são muito sugestivas e bem me fazem lembrar os meus tempos de criança lá na minha aldeia, anos 50.
Desejemo-nos, apesar de tudo, um bom ano de 2008, apesar de as forças já nos irem faltando...
António

sagher disse...

eu ainda espero que um dia a quadra de aleixo se concretize. é que arautos do novo império tendem a tornar-se imperadores

Arte & Liberdade disse...

Ontem morreu o Luiz... horas antes do Dia de Reis.
O 6 de Janeiro, apenas conheci há alguns anos, como o dia das prendas em Espamha. Fecharam-se-me já grande, a magia da época dos comeres, dos embrulhos, das memórias dos que se reunem, do artifício da árvore e do presépio, nas Festas de de um povo diferente e desconhecido, aqui mesmo ao lado.
Eu não sou um amigo do Luiz 20 paus. Nem de cinco! Cruzá-mo-nos pelo Chiado algumas vezes e também nalgumas estoriécas de 70.

Para fechar o período dos post-ais, que quase já não se escrevem neste promontório da iliteracia e de desperdício económico dos correios, entre outros...
das fotos do teu post na passagem do ano de 1964 só posso deixar a Flama com ...são sempre são as mesmas Caras que se divertem na foleirice, pois!

Sinceramente, desejo-te, um Bom Ano, para os meninos grandes do Pacheco, para as mães irmãs, para todos os das postagens do Blog e se não te importas... para mim!

Sabedoria, Resistência de mosquito, Humor.

Bom Ano de 2008